jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
    Adicione tópicos

    Drogas. Regime inicial fechado. Inconstitucionalidade da lei

    Luiz Flávio Gomes, Político
    Publicado por Luiz Flávio Gomes
    há 10 anos

    Recente decisão do TJSP contraria orientação do STF. A 12ª Vara Criminal da Barra Funda condenou acusado de tráfico de entorpecentes a pena de um ano e oito meses de reclusão, a ser cumpridos em regime inicialmente fechado.

    A juíza, ao fixar a pena, considerou o fato de o acusado ser primário, não possuir antecedentes, confessar a prática do tráfico e não haver indício de que faça parte de alguma organização criminosa para reduzir a pena base em 2/3. Mesmo assim, fixou o regime inicial fechado para cumprimento de pena por se tratar de crime hediondo.

    Fonte: TJSP

    O regime inicial fechado é inconstitucional. Em recente julgamento proferido nos autos do HC 107.407/MG (25/09/2012, rel. Min. Rosa Weber), a Primeira Turma do STF ratificou posicionamento da Corte no sentido da inconstitucionalidade do § 1º, do art. , da Lei de Crimes Hediondos (que estabelece a obrigatoriedade do regime inicial fechado).

    Ao julgar o HC 111.840/ES em junho de 2012, o Plenário do STF declarou incidentalmente a inconstitucionalidade do mencionado dispositivo legal. Mesmo nos crimes hediondos, o regime não tem que ser compulsoriamente o fechado.

    O que tudo isso significa?

    O texto legal considerado inconstitucional pelo STF dispõe que:

    Art. 2º Os crimes hediondos, a prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins e o terrorismo são insuscetíveis de:

    (...)

    § 1º A pena por crime previsto neste artigo será cumprida inicialmente em regime fechado (destacamos).

    A Lei de Crimes Hediondos, objetivando dar maior rigor ao cumprimento das penas aplicadas a esta categoria de crimes, impôs originalmente que o apenado deveria ficar integralmente em regime fechado na execução de sua pena.

    O STF, no entanto, entendeu que o regime integralmente fechado era inconstitucional porque desobedecia mandamento constitucional sobre a individualização da pena. Em razão disso, em 2007, o texto legal foi alterado para constar a expressão: inicialmente fechado.

    O novo texto, todavia, também fere a Constituição, para o Supremo.

    No julgamento de junho deste ano (HC 111.840/ES), o plenário concluiu da mesma forma: a expressão “inicialmente” da lei é contrária ao princípio da individualização da pena, logo, inconstitucional. Este último julgamento se deu incidentalmente, ou seja, não tendo sido objeto principal do julgamento a declaração de inconstitucionalidade, a decisão não vincula.

    Mesmo assim, a orientação vem sendo obedecida. No recente julgado da Primeira Turma - HC 107.407/MG (25/09/2012) - a Min. Rosa Weber concedeu a ordem para que o paciente, condenado a quatro anos e dez meses em regime inicial fechado, por tráfico de drogas, cumprisse a pena em regime semiaberto.

    Como saber se a pena aplicada há de ser cumprida em regime aberto, semiaberto ou fechado?

    Na sentença condenatória, o juiz deve seguir dez etapas, quais sejam: a) verificação da necessidade da pena; b) escolha da pena; c) quantificação da pena de prisão; d) quantificação da pena de multa; e) aplicação de eventual efeito específico da condenação; e) eventual substituição da prisão; g) eventual aplicação do sursis; h) fixação do regime inicial, i) deliberações sobre a prisão preventiva e j) determinações finais.

    A fixação do regime inicial, etapa de número 8 (h) na aplicação da pena, deve obedecer ao que orienta o artigo 33, § 2º, do CP, de acordo com o qual:

    - cumprirá em regime fechado o apenado contra quem se aplicar pena superior a 8 (oito) anos

    - cumprirá em regime semiaberto o apenado, não reincidente, cuja pena seja superior a 4 (quatro) anos e não exceda a 8 (oito)

    - cumprirá em regime aberto o apenado, não reincidente, cuja pena seja igual ou inferior a 4 (quatro) anos.

    No caso julgado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, o réu foi condenado a cumprir um ano e oito meses. Não excedeu a quatro, logo, ainda que praticado um tráfico de drogas (crime hediondo), deve iniciar o cumprimento em regime aberto.

    *LFG – Jurista e professor. Fundador da Rede de Ensino LFG. Diretor-presidente do Instituto Avante Brasil e coeditor do atualidadesdodireito. Com. Br. Foi Promotor de Justiça (1980 a 1983), Juiz de Direito (1983 a 1998) e Advogado (1999 a 2001). Siga-me: www.professorlfg.com.br.

    Informações relacionadas

    Mayara Baldo de Oliveira , Advogado
    Artigosano passado

    Tráfico privilegiado e a quantidade de drogas - aplicação do artigo 33, §4º da Lei 11.343/06

    Al Lidian, Procurador e Advogado Público
    Notíciashá 5 anos

    Substituição da pena privativa por restritiva de direitos no tráfico

    Notíciashá 12 anos

    USO DE ALGEMAS: MEDIDA DE SEGURANÇA OU ABUSO DE AUTORIDADE

    Felipe Campos de Oliveira, Advogado
    Artigoshá 7 anos

    Marchas, passeatas e manifestações em prol da liberdade do uso de drogas

    Eduardo Luiz Santos Cabette, Professor de Direito do Ensino Superior
    Artigoshá 7 anos

    O artigo 28 da Lei de Drogas e a Reincidência

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Bom dia,Meu Filho está preso e foi condenado a 1/8 meses inicial fechado e mais multa de um salário mínimo,a minha dúvida é, está multa e paga só quando ele saí do regime fechado? Obrigada continuar lendo