jusbrasil.com.br
16 de Outubro de 2021

Vítimas de homicídios: 91, 4% são homens

Luiz Flávio Gomes, Político
Publicado por Luiz Flávio Gomes
há 9 anos

Com base nos dados do Datasus (Ministério da Saúde), o Instituto Avante Brasil constatou que dos 52.260 homicídioscontabilizados no país em 2010, 47.749 (ou 91,4%) eram de homens. Em contrapartida, 4.465 (ou 8,5%) mulheres foram assassinadas neste mesmo período (as 46 mortes restantes foram de indivíduos de sexo ignorado – desconhecido).

Este cenário é exatamente o mesmo de trinta anos atrás. Em 2001, o número de homicídios no país era de 47.943, dentre as quais 44.040 (ou 91,8%) vitimaram indivíduos do sexo masculino. Há 30 anos, esta realidade não era diferente. Dos13.910 assassinatos contabilizados para aquele ano, 90% (12.534 assassinatos) eram homens. (Acompanhe o crescimento de homicídios nos últimos trinta anos acessando nosso delitômetro).

*Colaborou: Mariana Cury Bunduky – Advogada e Pesquisadora do Instituto de Pesquisa e Cultura Luiz Flávio Gomes.

54 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

amigo parece uma coisa absurda mas,dos 4473 homicídios dolosos por violência doméstica registrado em 2017 somente 943 são considerado feminicidio condição onde a mulher morre por ser mulher, o restante premeditado somam 1003
no caso dos homens somaram 2527 vitimas parece ate piada mas,o homem é a maior vitima da sociedade sendo que dos homicídios práticados no Brasil os homens são 91,8 % das vitimas ai vem a reflexão alguns pagando de "feministo"em quanto esta em uma fila invisível da morte continuar lendo

Ola @faelzalves10, poderia me passar as fontes a qual contem essas informações ? continuar lendo

@Gui Laveli Os dados acima podem se considerar uma fonte? bom... se n for suficiente, pega essa aqui e faça as contas
Ps: é de um jornal que defende o feminicídio mas seus números provam o contrário
https://exame.abril.com.br/brasil/mulheres-são-minoria-nos-homicidios-mas-estao-mais-vulneraveis-em-casa/ continuar lendo

a questão é o agressor, pois os homens cometem mais homicídio, tanto que as mulheres apresentam 5,4% da população carcerária no Brasil, e dessas, apenas 6% cometeram algum tipo de crime violento (muitas vezes tmb se defendendo do marido). Resumindo, o sexo "agressor" é o masculino.

Se formos levar em consideração a diferença salarial, 23,5% das mulheres tem ensino superior completo, enquanto 20,5% dos homens dos homens brancos chegam a esse nível de escolaridade. Enquanto isso, 10% das mulheres negras chegam a esse ensino, e os homens, 7%. Porém, apesar dessas estatísticas favorecerem as mulheres, quando chegamos na parte mais importante, a área de trabalho, o IBGE de 2019 aponta que as mulheres podem ganhar cerca de 30% a menos que os homens. Ou seja, estudam mais, e ganham menos. Muitas pessoas acreditam que esse fenômeno esteja relacionado a dupla jornada de trabalho, porque pode ser um impedimento ao aumento da participação feminina na força de trabalho, pois 96% da população brasileira feminina de 14 anos ou mais realiza afazeres domésticos, em uma média semanal de 21h semanais, enquanto a dos homens é de 10,5%. Em 2018 a taxa de participação feminina delas era quase 20% inferior à dos homens.

tmb seria relevante abordarmos o tema "estupro e pedofilia". Em relação a pedofilia, o gênero do agressor em crianças foi 81% masculino, e em adolescente 92% masculino. Já o gênero das vítimas crianças, 74% foram do sexo feminino, e adolescentes, 92% tmb do sexo feminino.

por fim, é válido lembrar que aproximadamente 5,5 milhões de brasileiros não possuem registro paterno na certidão de nascimento e quase 12 milhões de famílias são formadas por mães solo.

por essas razões e outras, n concordo q os homens sejam as reais vítimas da sociedade, quando se trata de gênero, estamos falando sobre qual gênero é o "agressor", e não são as mulheres que matam os homens, são os próprios homens que matam "os homens". continuar lendo

@analizbtorre , ok, você não concorda que os homens sejam as vitimas... Mas eles são 91% do homicídios de qualquer jeito, e sobre essa "Vantagem" deles serem os que mais matam, onde está o privilégio nisso? pelo que eu saiba, os negros são a maioria dos assassinos, eles são privilegiados? Creio que você falaria que não kkkkk, Quanto ao salário, vale lembrar que os homens são 89% à 91% dos que trabalham nos empregos mais perigosos, ou seja, já que a maioria dos homens não estudam tanto quanto as mulheres (como você mesmo disse :)), eles vão pra empregos que requerem muito mais de esforço físico mas que pagam melhor, (enquanto a maioria das mulheres trabalham com coisas mais "humanas", como: secretária, atendente de supermercado, no TeleMarketing, veterinária, dentista, e etc...), e também, os homens são 76% dos suicidas do Brasil... isso é um privilégio? Olha, eu não sei qual é o real intuito desse movimento hipócrita chamado feminismo (além de ser político e manipular grandes massas), mas de uma coisa eu sei, o homem não é privilegiado por morrer mais, e nem por matar mais... continuar lendo

é claro que homem morre mais no Brasil, mas por que ? a maioria do exercito Brasileiro é formado por homens, maior parte dos policiais são homens, o trafico no Brasil e comandado na maioria por homens ,o público que tem mais peso em um estádio de futebol são homens , e me fala oque que acontece quando um homem se coloca a cima de outro ? pois é, homem não aceita alguém melhor que ele. maior parte dessas mortes são em brigas de bares, confronto com a policia, acidente de carro, mas as mortes domesticas é muito maior o numero de mulheres mortas. e não precisa ser feminista pra saber disso. continuar lendo

@anna-tomazi8234 na verdade 82% das vítimas de homicídios domésticos são homens. Para acreditar que a maioria é mulher que precisa ser feminista.

Psicologicamente, homens tendem a ser mais violentos que mulheres sim. Mas isso de o motivador da violência ser não aceitarem que sejam melhores que eles é só exalação de rancor sexista seu. continuar lendo

Boa noite Professor, existe alguma estudo sobre violência doméstica contra homens? Morte de homens ocasionadas por suas companheiras? continuar lendo

Eu também gostaria de saber sobre os índices de mulheres mortas por paceiras (lésbicas), ouvi dizer que é maior do que a de parceiros homens!
Também gostaria de saber de estatísticas sobre o assassinato de homens por parceiras, estes dados são pouco mencionados! continuar lendo

também gostaria de saber, mas é muito difícil achar esses dados. continuar lendo

Só perguntar em delegacias ... continuar lendo

Nunca farão, pois as mídias precisam de respaldo para justificar o feminicídio mas, vou apresentar alguns dados de algumas pesquisas feitas, entre 2007 e 2017, 619000 pessoas foram assassinadas, dentre estes, 91,8% homens e 8% mulheres (0,2% sem sexo confirmado).
o número total de homens mortos nesse período foi de 568242 e dentre estes, 15,9% morreram dentro de suas casas.
o número total de mulheres mortas foi de 49520 e 39,2% morreram dentro de suas casas.
no total, 90350 homens morreram em suas casas e 19412 mulheres morreram em suas casas.
Se considerarmos que 100% dos assassinatos em domicílios são passionais, homens sofrem mais violência doméstica que as mulheres.
Eu tentei encontrar alguma informação sobre as motivações dos crimes mas feminicídio por exemplo é impossível de determinar. bom... espero ter te ajudado continuar lendo

homens são 81% das vítimas de violência doméstica. continuar lendo

SOCORRO, estou sendo roubado por uma “mulher empoderada”,
A 1 ano e 4 meses fui jogado para fora de minha casa com a roupa do corpo por uma denuncia FALSA e sem provas de minha ex na aberração jurídica chamada lei maria da penha.
Nos primeiros 2 dias por não ter onde ir dormi dentro do meu carro no estacionamento do extra Anchieta S.B.C/SP, por se tratar de final de Dezembro época de férias minha irmã retornou de sua viagem com a sua família para me abrigar em sua casa, onde permaneci morando em seu sofá da sala por quase 2 meses até com ajuda dela e meu cunhado consegui alugar um apartamento, nos primeiros 3 meses dormi no chão até que comecei a receber alguma ajuda dos meus parentes com colchão, fogão e um sofá.
Pelo simples fato de eu ter um emprego registrado nunca consegui um advogado e assistência da defensoria pública, por querer todos meus bens de volta como; apartamento, roupas, mobiliário, eletrodomésticos etc. tudo conquistado SOZINHO com meu trabalho procurei um advogado particular para fazer minha defesa, quando estava montando minha defesa inesperadamente chega à empresa que trabalho uma intimação para ser descontado 33% do meu salário e outros (estes que deveriam ser para meus 3 filhos que tenho com a autora).
Com essa atitude inesperada e sem comunicação da justiça fui obrigado a cancelar o contrato com o escritório jurídico onde tinha contratado minha defesa por não ter mais possibilidade de arcar com os custos e honorários advocatícios, e tbm parei de pagar voluntariamente outra pensão alimentícia que já o fazia pois não teria como arcar com todos os descontos em meu orçamento levando em conta que estava sem minha casa e meus bens conquistados, e simplesmente a justiça me ordena a arcar com esses custos sem sequer se interessar onde estou e como estou sobrevivendo.
Passados todos estes meses recebo uma intimação da justiça com prazo de 15 dias para que eu apresente defesa sujeito à revelia, onde a autora solicita o apartamento todo mobiliado comprado, sustentado e custeado por mim, o carro 2014 em nome dela comprado por mim, abrindo mão apenas do meu carro ano 1995 (que se encontra com motor fundido).
Nesse tempo enquanto é descontado 33% de meu salário a autora (ex) faz festa em buffet para os parentes, paga reforma de casa de parentes etc. e enquanto isso EU estou dando abrigo, comida, roupas, educação e lazer para meus 3 filhos por que eles não querem ficar com ela por medo.
As crianças por estarem estudando na região do endereço dela estão tendo que ficar lá no apto com ela, mas como sempre aconteceu ela está trancando as crianças dentro de casa para nos finais de semana para sair e não deixa comida para eles, os menores sempre são cuidados pela minha filha menor de 16 anos que faz comida, cuida entre outros, e quando pede dinheiro (da pensão que é de seu direito) pra comprar roupas ou comida sempre escuta a frase da mulher empoderada defendida pela justiça; “quer dinheiro vai pedir na justiça”
Solicito AJUDA em nome dos meus filhos (07 – 10 e 16 anos), estes que me imploram ajuda diariamente e eu não estou conseguindo fazer nada; estão sendo ameaçados de serem jogados do 12 andar, e estão sendo sempre ameaçados de serem jogados na rua por ela.
Esta chegando ao ponto dela estar chamando a policia para minha filha de 16 anos e levando uma policial se apresentando por investigadora para intimidar as crianças.
Alguem PELO AMO DE DEUS ajudem ao menos meus filhos, não me importo em morar na rua e morrer lá, só peço que ajudem meus filhos e tirem eles das mãos desse DEMONIO e deem à eles uma oportunidade de ser alguém com dignidade, honestidade e futuro. Por que essas crianças por Mais que sejam crianças já pedem pra não ser igual a mãe e os parentes dela (oportunistas, bandidos, sem vergonha)
POR FAVOR. Se não quiserem me dar ouvidos escutem pelo menos meus filhos.

Pelo Amor de Deus!!!!! Quem vai parar essa coisa inominável....................

SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO,
SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO,
SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO,

MEU NOME É:
Renato Aprile
Cel; 9.8956-9982
OBRIGADO continuar lendo

Pesado demais cara, já conseguiu ajuda? continuar lendo

analiz,como se fosse super divertido para os homens viver no mundo do crime... continuar lendo

realmente,um grande privilégio! continuar lendo

Raphael, sabe a conclusão a que cheguei: feminismo tem fortes bases na desonestidade e oportunismo. Onde já se viu, dizer que homem é privilegiado por ser a maioria dos assassinos e morrer mais? kkkkkkkkkkkkkkk Negros tbm são maioria dos assassinos, maioria no mundo do crime, vivem menos, negros matam mais negros. Isso significa que eles são privilegiados perante os brancos? Nao, claro que não, simplesmente pq no caso deles a análise é honesta, porque interessa aos discursos políticos e ideológicos serem honestos nesse caso. Só que no caso homem x mulher, é interessante pra política assumir e impor a ideia de que o homem é privilegiado e a mulher é oprimida! Por isso, vale apenas ignorar TODOS os dados que mostram o homem em desvantagem, para focar unicamente naquele que lhes interessa, como por exemplo a média salarial. Fiz um textão acima explicando isso, num comentário dessa Analiz inclusive. Nossa mídia e política é feminista e só pensa em lucros, e já viram que colocar a mulher na posição de sempre oprimida gera lucros. É difícil controlar, a hipocrisia é tanta que irrita !!! continuar lendo

@LucasbCevil eu também respondi ela kkkk, eu procurei o seu comentário mas não achei, acho q foi apagado, mas eu queria conversar sobre esses temas dnv (Sou anti-Feminista/Feminismo), se vc quiser conversar mais, esse é meu insta: @Tonyzeraa.XL

👌🏿 continuar lendo