jusbrasil.com.br
4 de Junho de 2020
    Adicione tópicos

    Todos nós somos criminosos (?)

    Luiz Flávio Gomes, Político
    Publicado por Luiz Flávio Gomes
    há 9 anos

    Seja bem-vindo (bem-vinda) ao nosso novo blog. A fonte de inspiração desta seção no meu blog foi o livro “Somos todos criminosos?”, de autoria de André Kuhn e Cândido da Agra (Casa das Letras: Alfragide, 2010), que encontrei em Lisboa (Portugal), em dezembro de 2010. A obra original foi escrita pelo primeiro autor e publicada sob o título “Sommes nous tous des criminels?” (Charmey, L’Hebe, 2004).

    Caro leitor, você acha que nós (realmente) somos todos criminosos?

    A pergunta é bastante provocadora. Faz com que todos nós passemos a refletir sobre o tema. Uma primeira resposta, claro, é a seguinte: - Criminoso, eu? Não, não sou. Os outros, sim, são criminosos. Eu não! Se alguém te perguntasse se você é honesto, sincero (gente boa), certamente você diria: - Sim, eu sou. Claro, honesto sim.

    Nossa tendência natural é negar aquilo que gera reprovação (da nossa pessoa) e aceitar aquilo que nos aprecia, que nos vangloria. Isso é da natureza humana. Assim somos.

    Pretendo escrever vários artigos (e também um livro) sobre o enigma do crime (sobretudo, do enigma do crime nas nossas vidas). Em várias ocasiões vou te perguntar se (realmente) todos nós somos criminosos. Já sei que você, em geral, vai dizer não.

    Em todas as vezes que você disser não mas faltando com a verdade, você estará incorrendo na “falácia do eu-não”, que foi desenvolvida por um autor chamado Marcus Felson (Crime and Everyday Life, 3ª. Edição, Thousand Oaks, Sage Publications, 2002).

    Sinceramente, o melhor seria (nas situações que vou te colocar) que todos nós sempre respondêssemos não, verdadeiramente. Mas nem sempre é assim. O crime é um enigma porque está perto das nossas vidas mais do que imaginamos.

    Observação: estou preparando um livro sobre o tema “Todos nós somos criminosos (?)”. Manifeste! Dê sua opinião. Ou envie comentários para [email protected] Obrigado.

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Se um governo é criminoso, todos os cidadãos que o alimenta com impostos é criminoso. Se os responsáveis por uma empresa ou negócio adotam práticas criminosas, todos os que consomem os seus produtos ou serviços são criminosos, tipo quem consome produto da marca Ambev, por exemplo. A história política e econômica tem sido restringir o espaço do não criminoso continuar lendo